Pão com ovo: porquê inovar não precisa ser tão complicado

Saiba +

Há poucos meses, entrei em um bistrô/padaria para tomar um café. Um modelo de negócios super comum, certo? ERRADO. (hãã?!)

A primeira coisa que eu observei foi a simpatia e educação do funcionário que me atendeu logo na porta e me conduziu até a mesa, ao sentar ele se apresentou, assim como a empresa, me questionou se eu já conhecia a “casa”, se já havia participado do “brunch” deles e como era o meu café da manhã normalmente.

Em seguida, sugeriu um prato que se encaixava perfeitamente ao que eu desejava e disse que era um dos mais vendidos da casa: “você não vai se arrepender!”.

Dito e feito. O prato era simplesmente um pão com ovo, mas o melhor que eu já comi e servido de uma forma surpreendentemente deliciosa.

Outra coisa que me chamou a atenção nesse local foi a forma como o cardápio era feito: totalmente customizável.

Eu podia escolher o pão, os acompanhamentos, incluir uma salada de frutas, enfim o meu café da manhã ficou exatamente ao meu gosto. A apresentação de todos os itens foi pensada com carinho e era perceptível.

Do potinho de requeijão à cestinha do pão. Perceba aqui que não estou falando de nada requintado, mas tudo extremamente bem pensado para que o cliente se sentisse bem cuidado.

E foi aí que pensei: que empresa inovadora!

Transformaram a minha experiência de um “simples café da manhã” em um “delicioso café da manhã”.

Porque inovar não precisa ser complicado, não precisa necessariamente envolver tecnologias, robôs, uma grande invenção ou ter a mente de um gênio como Steve Jobs.

Quando se pensa em negócios inovadores logo vêm à mente UBER, AirBnb, Spotify… ok! São mesmo modelos incríveis de disrupção, mas você não precisa revolucionar o mundo (sempre), você pode começar apenas olhando para dentro do seu próprio negócio, identificar seus pontos fortes e fracos, ouvir seus clientes e conhecê-los, acompanhar o desenvolvimento de todo o setor em que se está inserido.


Afinal desde a inovação mais sofisticada e revolucionária, até a mais simplista possível, a essência é a mesma: pensar soluções e experiências que atendam as expectativas dos seus consumidores.

“Mas por que inovar é tão importante? Eu sempre fiz assim e deu certo”. 


Pode ser, mas você tem que pensar que no mundo dinâmico e ávido por novidades em que vivemos hoje a sua empresa precisa estar atenta às tendências de mercado para que se mantenha atraente e sustentável ao longo do tempo e nesse futuro que já está tão próximo.

E se NÃO for pelo dinamismo do mercado, pense em como você pode reatribuir valor ao serviço e/ou produto que você possui. É tornar a sua empresa a inovação do mercado.

Você pode inovar na criação de produtos, na forma de entregá-los, como apresentá-los. 
Pode inovar na produtividade entregando maior agilidade. 
Pode surpreender criando uma nova metodologia para atender os seus clientes. 
Pode investir em tecnologia e ter dados para mais análises que te deixarão mais assertivo. 
Pode promover ações sustentáveis para eliminar o impacto ambiental da sua empresa. 
Pode criar uma campanha que gere engajamento dos seus clientes… 
Enfim, são infinitas as possibilidades.

Ações inovadoras aumentam a sua competitividade, fidelizam clientes, atraem novos clientes… ou vocês não ficaram com vontade de saber onde foi que eu comi esse pão com ovo?

Fazer o simples ser complicado é fácil. Fazer o complicado ser simples é criatividade. 


E o que você tem feito para inovar o seu negócio? Que tal começar pelo básico? Simplifique: faça o seu pão com ovo bem feito.

Por Vanessa Marconi – Empreendedora & 
Gestora & 
Inovadora por formação e da vida